Nova Era - Movimento mundial, conjunto sincrético de todos os princípios, ensinamentos, ideologias e doutrinas anti-cristãs.

  • Sob liderança central anônima ou única, tem contexto histórico que passa pelos Gnósticos no primeiro milênio da era cristã, inclui a Ordem dos Rosacruzes - ao publicar, em 1614, “A Reforma Geral do Mundo” de conteúdo gnóstico. Helena P. Blavastky, através da Sociedade Teosófica, no séc. XIX, preconizou as idéias fundamentais que regeriam o movimento da Nova Era.
  • Ralph Waldo Emerson, filósofo americano, autor de A Natureza, em 1836, fundador do Transcendentalismo foi outro de seus precurssores.
  • No séc. XX Aldous Huxley, filósofo americano, com seu livro Admirável Mundo Novo, em 1940, proucra criar a “bíblia” de uma nova sociedade alternativa onde existe o uso oficial de drogas, a clonagem humana, seleção genética eugênica e a criação de castas, bem como a eleição de um único líder com total controle político universal.
  • A Nova Era foi a grande propugnadora da Era de Aquário, nos anos 60, que sucederia a Era de Peixes, cristã, divulgada através dos movimentos hippies e beatniks, pregando o sexo livre e influenciando os jovens do mundo com sua música um “novo comportamento” e uma “nova sociedade”, rejeitando os princípios cristãos e os valores morais.
  • O auge do festival de Woodstock, América do Norte, apresentou o símbolo da época, veladamente satanista: a Cruz quebrada e invertida, inscrita num círculo e o lema “Paz e Amor”.
  • Ideologicamente essa Era visa a “unificação mundial” e a criação de lideranças continentais até chegar a uma única liderança global.

v. Gnósticos, Sincretismo.