Deuterocânonico – gr. deuteros, segundo, secundário.

O Segundo Cânon, os Livros, ou partes dos Livros, do Antigo e Novo Testamento que a Igreja Católica admitiu como inspirados.

Nas igrejas protestantes, são as partes contestáveis do AT consideradas apócrifos ou extra-canônicos; esses Livros ausentes da maioria das Bíblias protestantes são: Éster, Judite, Tobias/Tobit, 1 e 2 Macabeus, Sabedoria e Eclesiástico/Sirácida.

No catolicismo o título Deuterocânonico foi atribuído a esses Livros desde o séc. XVI, por Sisto de Sena e o Conc. de Trento, (1545-1563), aceitou as obras deuterocanônicas, incluindo-as no Cânon autorizado para os católicos.

v. Septuaginta