Cúria Romana – ordinariamente o Papa governa a Igreja através da Cúria Romana que compreende: 1. Secretaria de Estado; 2. as Congregações (Doutrina da Fé, Causa dos Santos, Clero, Culto Divino e Sacramentos, Evangelização, Igrejas orientais, Clero, Institutos de Vida Consagrada, Educação católica); 3. Tribunais; 4, Comissões e comitês (pontifícia comissão Bíblica, Comissão Teológica internacional, Comissão de ciências históricas, Arqueologia sacra, Conselho para os Congressos Eucarísticos internacionais, Comissão disciplinar da Cúria Romana); 5. Conselhos Pontifícios (Leigos, Família, Justiça e Paz, Diálogo inter-religioso, Comunicações sociais, Cultura, Pastoral dos Migrantes, Promoção da unidade dos Cristãos); 6. Instituições ligadas à Santa Sé (Arquivos, Biblioteca apostólica, Academia de Ciências, Tipografia, Livraria, centro televisivo, Rádio Vaticano, jornal L´Osservatore Romano.

Cúria Diocesana – A exemplo da Cúria romana, são os organismos que assistem os bispos nas atividades pastorais, na administração e no exercício jurídico da diocese.