Contra-Reforma1. O renascimento na Igreja - entre a metade do séc. 16 e o séc. 17 - após a Reforma de Lutero, que trouxe o florescimento da genuína espiritualidade católica introduzindo maior clareza na doutrina. 2. Para pôr um fim às controvérsias com os protestantes o Concílio Geral da Igreja em Trento (1545-1563), definiu a doutrina da Igreja Romana, a Professio Fidei Tridentina, Profissão de fé Tridentina, e assim a Igreja revitalizada começou a recuperar as perdas ocorridas. v. Ortodoxia, Reforma, Jesuítas.

  • A Contra Reforma provocou o surgimento de novas Ordens ou Congregações como os Jesuítas (a Companhia de Jesus, fundada em 1534 por Sto. Inácio de Loyola), os Barnabitas (missionários e educadores, em 1530); os Oratorianos, fundada também em 1534 por S. Felipe Néri (dedicados à catequese popular). Entre outros santos proeminentes nesse importante período, Santa Tereza D’Ávila e S. João da Cruz atuaram na reforma dos Carmelitas; S. Pio V promoveu a vitória dos cristãos em Lepanto; Gregório XIII reformou o calendário, Gregório XV enviou missionários pelo mundo e S. Francisco Xavier evangelizou a Ásia.