Comunidades – A congregação, forma de associação, dos fiéis em determinada localidade ou em movimentos leigos. A forma associativa de leigos, leigas e eventualmente sacerdotes, em comunhão com a Igreja segundo critérios eclesiais (Cód. Cân. 215; Conc. Vaticano II – Decr. Apostolicam Actuositatem, 18; Const. Lumen Gentium, 37; Exort. Apost. Christifideles Laici, 29-30). Com destaque para a Renovação Carismática Católica (RCC) elas se dividem em:

  1. Comunidades de Vida – nas quais seus membros vivem à parte, colocam tudo em comum (At 2,44), têm aprovação eclesiástica, muitas vezes personalidade jurídica, regras próprias de vida, de oração e se dedicam integralmente ao serviço pastoral, evangelizador e social.
  2. Comunidades de Aliança – constituem-se de forma idêntica à Comunidade de Vida, porém os seus membros não vivem à parte e não se dedicam exclusivamente à comunidade, mas sim à ação no tempo disponível, não integral - é possível constituir ainda, Comunidades de Vida e Aliança ao mesmo tempo.