Cardeal – lat. cardinalis, principal, fundamental. Membro da hierarquia da Igreja, nomeado pelo Papa para compor o seu Conselho, o Sacro Colégio. 1. Os cardeais, em Conclave elegem o Papa; o número de cardeais variou bastante no decorrer dos séculos e o Papa Paulo IV (1555-1559) o havia fixado em 40 e em 1586 Sisto V o aumentou para 70 e atualmente o Colégio compõe-se de 164 membros e em 1975 a Santa Sé decidiu limitar o número máximo de cardeais eleitores em 120. 2. O Papa João XXIII estabeleceu que os cardeais sejam bispos, e no caso de sacerdotes, em sua nomeação devem ser consagrados bispos; um Cardeal nomeado «in pectore», do latim em´segredo´, decorre, principalmente, de uma situação política em países onde a Igreja católica esteja proscrita e exista risco na sua divulgação, como em 1979, no caso do Cardeal Tomasek, em Praga, na Checoslováquia, sob severo regime comunista na época. 3. O último cardeal leigo da história, nomeado pelo Papa Pio IX em 1858, foi o jurista romano Teodolfo Mertel, autor do Estatuto do Estado Pontifício. v. Conclave, Eleição do Papa, Virtudes Cardeais.