Canon Muratoriano

  • O Fragmento que leva o nome do seu descobridor, L. A. Muratori, o mais antigo Canon, ou Lista, dos Livros do NT, manuscritos atualmente preservados na Biblioteca Ambrosiana de Milão.
  • Escrito no séc. VIII, é o fragmento da mais alta importância na história do Canon Bíblico, foi redigido em Roma, ou arredores, provavelmente em grego e traduzido para o latim, como se encontra na Biblioteca Ambrosiana.
  • Mais do que “Lista”, este Canon consiste de uma pesquisa que supre, ao mesmo tempo, informações históricas relacionadas a cada Livro; não há, até o presente, hipótese concreta sobre a sua autoria.
  • Esse Fragmento considera o Evangelista Marcos, judeu palestino que falava grego, que não era Apóstolo e chamado pelo nome completo João Marcos pela primeira vez em Atos 12,12; ele é testemunha ocular do que escreve a respeito da Última Ceia, e que o Cenáculo seria a sua própria casa, o mesmo lugar do Pentecostes cristão em Jerusalém.