Vernáculo – o que é próprio do país a que pertence. Diz-se da aplicação do uso na língua do país nos cantos, orações, leituras e outros momentos litúrgicos com o povo, nas Missas e na administração dos Sacramentos, antes exclusivamente em latim, como ocorreu pós-Conc. Vaticano II (SC,22,2;36,1;4;40;54).

v. Sacrosantum Concilium.