Templo – gr. naós.

O santuário; para os judeus o lugar do culto e do sacrifício (gr. heirón) onde ficava a Arca da Aliança, lugar distinto da sinagoga; para os cristãos onde se realiza o culto e o sacrifício da Missa e publicamente se adora a Deus.

A destruição do primeiro Templo em Jerusalém aconteceu em 586 a.C. e fez surgir uma fé descentralizada baseada na sinagoga e na oração comunitária, com novos líderes locais, os rabinos e no ano 70 da era cristã as legiões romanas tomaram Jerusalém e destruíram o riquíssimo Templo.

v. Purificação

Jesus fala do seu próprio corpo como “templo” (Jo 2, 20-21) e S. Paulo, no NT, apresenta a pessoa do cristão, o seu corpo, como “templo” de Deus, onde habita o seu Espírito (1 Cor 3,16-17; 6,19).

Desde o mais remoto tempo, praticamente, todas as civilizações, os povos, ergueram altares e depois construíram templos para a realização de sacrifícios de animais e humanos, a adoração ou culto aos seu(s) deus(es);

v. Jerusalém, Sinagoga

Templo Votivo - Designação de uma igreja dedicada à Adoração permanente ao Santíssimo Sacramento.

v. Adoração Perpétua.