Servo dos Servos – Título assumido por S. Gregório Magno (590-504), o primeiro Papa monge, aplicado posteriormente a todos os Papas.

Historicamente isto se deve ao fato de o bispo de Constantinopla, João, o Jejuador, ter se arrogado o título de “Patriarca Ecumênico”, isto é, Patriarca universal e S. Gregório com a intenção de salvaguardar o Primado de Pedro e salientar a função do chefe do Colégio dos Bispos como servo, a serviço da Igreja, adotou este título.