Reencarnação – tornar a se encarnar. Doutrina antibíblica, anticristã e não racional, pregada pelo Budismo e o Bramanismo e é dogma central do espiritismo e ensina sobre a volta da alma sucessivamente a um novo corpo como forma de purificação.

A Igreja rejeita, categoricamente, a reencarnação, com bases bíblicas (Hb 9,27 entre outros) e foi, repetidamente, rejeitada pelo Sínodo Permanente de Constantinopla em 543, pelo Conc. Gerais de Lião, em 1274, e de Florença, em 1439, e também pelo Vaticano II (1965, Lumen Gentium, 48); “não existe ‘reencarnação’ depois da morte” ensina o Catecismo da Igreja (nº 1013).

v. Origenistas.