Quietismo - lat. quies, repouso.

  • Doutrina mística que pretendia a perfeição cristã no amor a Deus e na inação da alma, sem obras exteriores.
  • Entre os representantes do Quietismo o mais conhecido foi o padre espanhol Molinos, que publicou no séc. XVII um livro com uma ascese incompreensível aos fiéis.
  • Bossuet (1627-1704), escritor e orador sacro, bispo de Meaux, França, combateu o Quietismo na pessoa de Fenelon, hábil escritor, bispo em Cambraia, também na França, a quem, a seguir, submeteu-se a Roma na ocasião em que o Papa Inocêncio XII em 1699, condenou a doutrina e esta se extinguiu gradualmente.