Nican Mopohua – Tradição escrita guadalupana, obra prima da literatura náuatle, antigo idioma dos índios mexicanos, que narra os acontecimentos das Aparições de Nossa Senhora de Guadalupe, no México, em 1531. * Traduzida, essa Tradição foi publicada pela primeira vez em espanhol em 1926.

  • As palavras Nican Mopohua, significam em náuatle “aqui se narra” e admite-se que seu autor seja Dom Antonio Valeriano, índio, tradutor e latinista, aluno e depois professor do Imperial Colégio de Santa Cruz de Tlatelolco, colégio fundado pelos franciscanos em 6 de janeiro de 1536, onde se falava o latim, espanhol e o náuatle.

v. Aparições, Guadalupe.