Nartex, ou Nártice - em arquitetura, se refere, em sentido lato, à área de entrada de um templo.

  • Na antiga arquitetura cristã a espécie de átrio ou vestíbulo, uma área reservada, interna ou exterior, reservada aos catecúmenos, energúmenos, penitentes e outros não admitidos ainda na congregação.
  • O Nartex ficava, internamente, perpendicular à nave, dos dois lados e separado por uma mureta ou uma cortina, como hoje ainda se vê na igreja de Santa Agnes em Roma e externamente era uma área coberta na frente da igreja, como se vê na igreja de Santo Ambrósio em Milão, Esse lugar era, algumas vezes usado como lugar de julgamentos e outros propósitos seculares, e após o séc. VI tornou-se local de sepultamento.
  • Com o desenvolvimento das igrejas com arquitetura gótica o nartex desapareceu dando lugar ao pórtico, uma projeção externa, coberta, construída na entrada principal do templo, como se pode ver nas igrejas do séc. XII, embora até o começo do séc. XIII alguns mosteiros o conservassem, como os de Cluny e de Vezelay.

v. Nave