Os Povos das Missões Jesuítas - a maior experiência histórica comunitária na América. Parte 1.

  • A era Cristã no Novo Mundo iniciou em 1492 com a chegada dos espanhóis, e da Igreja, na América, encerrando os tempos de sacrifícios humanos e canibalismo.
  • A Ordem dos Jesuítas (Companhia de Jesus) chegou à América espanhola e no Brasil durante o governo de Tomé de Souza, entre 1549 e 1553, com significativo impacto nas culturas indígenas do Brasil, Equador, Colômbia, Paraguai, Chile, México, Guatemala e Haití, até que foram expulsos em 1767, após Portugal e Espanha anularam o Tratado de Madri em 1761.
  • A ação social dos jesuítas inspirou-se na obra de S. Tomás Morus, Utopia, com a idéia fundamental de restaurar a sociedade sob as bases cristãs, adotando como diretriz suprema as normas do direito natural.
  • O primeiro assentamento foi fundado em 1609, em território pertencente à Espanha, segundo a linha divisória do Tratado de Tordesilhas (1494, ratificado pelo Papa Júlio II) e, a seguir, as Missões se estabeleceram ao longo dos dos rios, no Chaco paraguaio, em Guaíra e nos territórios do Paraná, nas fronteiras atuais da Argentina e Paraguai.
  • A República Guaraní se estendia do norte do Paraguai, fronteira com Mato Grosso do Sul, até o território uruguiao; de leste a oeste, seguia da bacia do Jacuí, centro do Rio Grande do Sul, até o norte da Argentina, com uma área de cerca de 400 mil quilômetros quadrados.

Continua na Parte 2 »»