Maçonaria – Surgiu em 1175 na Inglaterra com uma fraternidade de pedreiros e foi extinta pelo rei Eduardo VI (1547-1558) mas acabaram por se organizar como sociedade dos pedreiros livres, onde ensinavam idéias alquimistas e cabalísticas, em segredo e no séc. 17 abraçaram o deísmo.

A maçonaria moderna fundada em 1713 em Londres exige um rito secreto de iniciação, juramentos e seus altares reúnem a Constituição do país, a Bíblia, o Regulamento da sociedade, o compasso e esquadro (símbolos da arquitetura e construção), uma espada. Deus é designado como o “Grande Arquiteto do Universo”.

Foi condenada pelos Papas Clemente XII, Bento XIV em 1571; o Papa Leão XIII, em 13 de março de 1825, denunciou os seus ataques à verdades da fé católica e, em sua Encíclica Humanum Genus (O Gênero Humano) de 1884, este Papa faz uma análise séria, onde critica e expõe a verdade sobre a maçonaria.

• No Brasil, em 1872, essa sociedade provocou famosa questão religiosa no fim do séc. XIX, conflito dirigido pelo Visconde do Rio Branco e Saldanha Marinho.

<fbl> <fbc>