Existencialismo 1. Movimento filosófico europeu do séc. XIX que floresceu no séc. XX e conquistou inúmeros pensadores, escritores e artistas. 2. Os filósofos existencialistas refletiam sobre a natureza da realidade, mas subordinavam as questões tradicionais da metafísica e da filosofia do conhecimento à uma perspectiva antropocêntrica (que tem o ser humano como referência e principal valor) e tende a menosprezar o conhecimento científico, nega a existência de valores objetivos e enfatiza a liberdade humana. 3. Com o filósofo e teólogo dinamarquês Soren Kierkegaard (1813-1855), de família protestante, o pensamento existencialista se manifestou na teologia e na filosofia da religião (existencialismo cristão). 4. Os mais conhecidos expoentes do existencialismo, em sua forma não-religiosa e atéia, são Heidegger e Sartre e as suas concepções existencialistas sobre o indivíduo prefiguram a imagem do ser humano como um ser contingente e autocriador.