Episcopalismo – O princípio de que, no governo da Igreja, a autoridade máxima reside no Episcopado, nos Bispos, não em um só governante, o Papa no caso, princípio rejeitado pela Igreja Católica pelo Concílio Vaticano I (1869-1870)