Dominus Iesus – Declaração da Congregação para a Doutrina da Fé, publicada em agosto de 2000, que trata da unicidade e a universalidade salvífica de Jesus Cristo e da Igreja. Este Documento esclarece a questão dos erros doutrinais no diálogo inter-religioso e certos pressupostos de natureza teológica e filosófica, dificultam a compreensão e a aceitação da Verdade revelada, sobre o subjetivismo, ecletismo e a tendência em se ler e interpretar a Sagrada Escritura à margem da Tradição e do Magistério da Igreja. v. Ecletismo, Magistério, Tradição.