Celibato – lat. caelibatus, der. caelebs, não-casado, Estado exigido para o sacerdócio e vida religiosa. 1. Jesus é o paradigma do celibato e na Igreja Primitiva os discípulos, diáconos e bispos casados foram gradualmente sendo substituídos por homens solteiros. 2. o Apocalipse (14,4) fala em virgens que foram resgatados dentre os homens e oferecidos a Deus. 3.Não há documento sobre a introdução do celibato clerical na Igreja primitiva, mas o Papa Cirício no ano 385, com fundamento em Rm 8,8, critica alguns padres que se casavam alegando sua validade a partir dos sacerdotes judeus que podiam se casar. 4. em 1022 o sínodo de Pávia decretou o celibato para o clero com Ordens maiores e em 1074 o Papa Gregório VII, instituiu o celibato clerical, proibindo o casamento.