Calendário Gregoriano – É a modificação do calendário Juliano (introduzido por Júlio Cesar em 46 a.C.) e organizado pelo Papa Gregório XIII em 1582.

  • Suprimindo dez dias no mês de outubro (o dia 5 tornou-se 15) para corrigir o atraso resultante do calendário juliano;
  • Esta reforma, contudo, não foi aceita pelos turcos, gregos e russos e assim parte da Igreja Ortodoxa ainda utiliza o calendário Juliano e observa o Natal no dia 7 de janeiro do nosso calendário gregoriano.
  • Este calendário foi projetado principalmente como base para fixar a data da Páscoa e, portanto, todo o calendário eclesiástico.
  • A Igreja Ortodoxa, no entanto, observa a Páscoa (Pascha) em data comum, conforme a data original judaica que ocorre, geralmente, quatro semanas depois da Páscoa no ocidente (ocasionalmente, como ocorreu em 2001, a data é a mesma no oriente e ocidente).