Apócrifo(s) – gr. apokriphos, escondido, ilegítimo.

  • O termo é usado, em sentido geral, para descrever a lista de livros escritos pelos judeus entre os anos 300 a 100 a.C., mais especificamente os sete livros aceitos pela Igreja Católica como inspirados (Tb, Jt, Sb, Si/Eclo, Br, 1e 2 Mc);
  • Na Vulgata, os Livros do Antigo Testamento excluídos da Septuaginta por não constarem do cânon hebraico;
  • Os Livros ou evangelhos de autoria e autoridade duvidosas, não canônicos e não reconhecidos como inspirados por Deus e que não fazem parte do Novo Testamento da Bíblia Sagrada.

v. Deuterocanônico