Alquimia, Alquimistas - arb. Al + gr. chemia,chemeia.

  • A arte da transmutação de metais em ouro e prata, predecessora da química moderna (a química data da segunda metade do séc. XVIII).
  • A expressão alquimia foi aplicada nos primórdios das investigações no Egito antigo e Europa, que determinaram inúmeros fatos que foram classificados somente pela nova ciência Química.
  • O motivo central da expectativa da transmutação dos metais estava na busca da imortalidade terrestre pela descoberta do elixir vitae, o elixir da vida, embora muitos se ocupassem somente na possível produção do ouro.
  • Havia alquimistas dentro do clero, como S. Alberto Magno, proeminente Dominicano, a quem se atribuiu a obra “De Alquimia” e vários tratados sobre o tema são de autoria de S. Tomás Aquino que investigava teologicamente a questão de que o ouro produzido pela alquimia poderia ser vendido como ouro verdadeiro e decidiu que sim, desde que possuísse as suas reais propriedades (Summa Theologica, II,II: 77,2).
  • Atribui-se ao Papa João XXII a Bula de 1317 contra os alquimistas desonestos.