Acacianos - Antiga seita ariana, ou semi-ariana, que veio à tona como um partido eclesial pouco antes dos Sínodos conjuntos de Rimini e Selêucia em 359, e tomou seu nome, bem como sua importância política, a Acácio, bispo de Cesaréia.

  • A significação teológica deste crítico episódio eclesial se relaciona à importante definição sobre a Consubstancialidade, homoousios, promulgada em Nicéia, no ano 325, que ao invés de pôr um fim às discussões tornou-se ocasião de debates e distensões a respeito da ortodoxia da fórmula do relacionamento de Jesus Cristo com seu Pai.
  • Também se relaciona às questões políticas e ao caráter vacilante do sucessor do imperador Constantino, que logo ficou nas mãos da facção de Eusébio.
  • Nesse período existiam, grosso modo, três partidos na Igreja:
  1. O Ortodoxo ou Niceniano, simpatizante a Santo Atanásio, patriarca de Alexandria, anti-ariano;
  2. os Eusebianos ou o partido da côrte e seus confusos seguidores semi-arianos e, o terceiro,
  3. os Anomonianos, dissidentes orientais, que obtiveram influência através da segunda esposa do imperador, Aurélia Eusébia.

v. Arianismo, Consubstancial, Ortodoxia, Nicéia.